Blogia
COMUNICAÇÃO E PATRIMÓNIO MUNDIAL - Blogue de Apoio à Tese de Doutoramento

O Interesse dos Media nas Questões do Património - Contributo dos Agentes Políticos na Defesa do Património

O Interesse dos Media nas Questões do Património - Contributo dos Agentes Políticos na Defesa do Património
"Visita visa sensibilizar e promover património
Cavaco Silva homenageia D. Afonso Henriques no arranque do Roteiro do Património 
O Presidente da República, Cavaco Silva, homenageou hoje o fundador da nacionalidade, D. Afonso Henriques, no Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, onde depôs uma coroa de flores, no arranque das II Jornadas do Roteiro do Património.

O chefe de Estado visitou demoradamente todo o convento, num périplo em que foi acompanhado pelo padre José Eduardo Coutinho, que lhe transmitiu toda a história do mosteiro.

Cavaco Silva foi recebido pelo bispo de Coimbra, D. Albino Cleto, que também o acompanhou na visita.

O padre José Eduardo Coutinho lamentou que a Ministério da Cultura tenha proibido a abertura e estudo do túmulo do primeiro rei de Portugal.

"Estava constituída uma equipa científica de alto nível" liderada pela professora Eugénia Cunha, referiu.

"No preciso momento em que se ia abrir o túmulo com alguns cientistas da Universidade de Coimbra e estrangeiros chegou a ordem determinante de cancelamento por parte do Ministério da Cultura", lamentou.

À saída, o chefe de Estado foi confrontado por um pequeno grupo de mulheres que se queixava das reformas baixas e do desemprego na região.

Uma das intervenientes, Rosa Maria, afirmou que recebia 300 euros de reforma e que isso não lhe bastava.

Cavaco Silva ouviu atentamente as queixas, sem responder, mas assentindo com a cabeça, antes de se deslocar para a Sé velha de Coimbra.

O Presidente da República iniciou hoje, em Coimbra, uma visita de dois dias à Beira e Douro Litoral, no âmbito das II Jornadas do Roteiro para o Património, para defesa, valorização e promoção do património português.

O chefe de Estado pretende com este roteiro chamar, uma vez mais, a atenção e sensibilizar entidades, empresas, asociações, escolas e cidadãos em geral para as boas práticas políticas e técnicas seguidas por autarquias, associações privadas e particulares."
Extraído do sítio on-line do Jornal O Público, http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1317263&idCanal=12, a 22 de Janeiro de 2008
¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres
¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres

0 comentarios

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres